DFSuin e Sindisuínos participam do II Encontro Distrital da Agroindústria

Representando a cadeia produtiva da suinocultura, diretores e associados da DFSuin/Sindisuínos participaram entre os dias 12 e 14 de junho do II Encontro Distrital da Agroindústria. O evento realizado pela Seagri-DF aconteceu no auditório da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), em Brasília. Na ocasião, suinocultores e representantes dos frigoríficos reuniram-se hoje no local, às 14h, para a realização da Bolsa de Suínos do DF, que ocordou o valor de R$ 5,33 para a comercialização semanal do quilo do suíno vivo no Distrito Federal.

Para o secretário de Agricultura, Abastecimento e Desenvolvimento Rural do DF, Dilson Resende, o encontro foi uma oportunidade do setor discutir os problemas e de tomar conhecimento das propostas do governo do DF, em termos de simplificação de procedimentos e de novas normas. “Então, é um momento do setor se encontrar, debater seus problemas e trazer para o governo, para o setor regulador, demandas que a gente pode agregar no nosso trabalho”. Ele destaca ainda, que a suinocultura tem participação expressiva no processo agroindustrial do DF. “A suinocultura agrega a transformação dentro da indústria de suínos e é maior devido ao consumo de embutidos”.

A subsecretária de Defesa Agropecuária da Seagri/DF, Danielle Araújo, ressalta que discutir a agroindustrialização do setor agropecuário é estratégico, visto que é uma forma importante de agregação de valor aos produtos das famílias do campo. “Temos que considerar que o mercado consumidor do Distrito Federal está em franca expansão e que as agroindústrias locais ainda não conseguem suprir toda a demanda dos mais de 3 milhões de habitantes do DF”, destacou.

Fonte: DFSuin com informações da Seagri-DF

DFSuin participa de sessão comunitária do IFB em Planaltina

O Campus Planaltina do Instituto Federal de Brasília (IFB), realizou nesta terça-feira (11), uma sessão comunitária para levantar opiniões, críticas e sugestões de produtores rurais, lideranças do Agro e da comunidade local, sobre a grade curricular do Curso Técnico em Agropecuária, considerado o principal curso voltado à área rural oferecido pela instituição de ensino.

A convite da coordenação do IFB, o vice-presidente da DFSuin, Alexandre Cenci, participou do “diálogo e construção coletiva”, agregando sua experiência e conhecimento em suinocultura e meio rural, com sugestões para a melhoria de qualidade e adequação do curso à realidade do campo. “Foi uma ação positiva onde participamos e opinamos, com o propósito de integrar mais o setor público e privado com a instituição e montar uma grade curricular condizente com o mercado de trabalho, que atenda as demandas do nosso setor” destaca.

Fonte: Ascom DFSuin